Realização:

Mostra Brasileira de Ciência e Tecnologia

Mostra Internacional de Ciência e Tecnologia

  • Português
  • Español
  • English

Fundação Telefônica Vivo leva projetos da Mostratec para feiras na Espanha e nos EUA

Três projetos de jovens pesquisadores gaúchos representam o Brasil em duas importantes feiras de ciência e tecnologia, uma em Barcelona e outra em Houston, que acontecem em abril e maio, respectivamente. Eles receberam o Prêmio Fundação Telefônica Vivo na última edição da Mostra Internacional de Ciência e Tecnologia (Mostratec), considerada a maior feira do gênero da América Latina, que dará direito à participação dos projetos nesses importantes eventos.

Dois projetos participarão da “Exporecerca Jove”, de 06 a 08 de abril, em Barcelona. São eles:  “Demape – Dispositivo eletrônico de monitoramento e assistência para emergências”, dos estudantes Luiz Perez Fruscaldo luz e Klaus Holler (Fundação Escola Técnica Liberato Salzano Vieira da Cunha – Novo Hamburgo/RS), orientados pelo professor Elmar Corrêa de Souza; e “K-Gestus, um framework para autenticação baseado em gestos”, do estudante Wellington Machado de Espindula Instituto Federal do Rio Grande do Sul – Campus Osório), com orientação da professora Heloisa Bressan Gonçalves.

Já o projeto “Sistema de monitoramento de arritmias cardíacas”, desenvolvido pelo aluno Robert Buss Kaufmann (Fundação Liberato), sob orientação do professor Marco César Sauer, representará o país na International Sustainable World Energy, Engineering, and Environment Project (I-SWEEEP), entre 03 e 08 de maio, em Houston.

Antes de embarcar para o exterior, a delegação será recebida pelo Governador do Estado RS, José Ivo Sartori, no próximo dia 30 de março, às 16h, no Palácio Piratini, em Porto Alegre.

            Sobre os projetos
            Demape – trate-se de um dispositivo eletrônico fixado à cintura para comunicação entre um usuário e seu socorrista, no caso de acidentes ou emergências diversas. Para isso, o sistema funciona de maneira semelhante a tecnologias disponíveis no mercado. A emergência pode ser declarada através do pressionamento de um botão de pânico, por parte do usuário, ou com a detecção de queda da pessoa.
             K-Gestus - A autenticação é um mecanismo essencial na segurança de sistemas computacionais. Delegar essa tarefa apenas a uma combinação de usuário e senhas tem mostrado inúmeras fragilidades. O objetivo do trabalho é propor um mecanismo de autenticação por gestos que inclua deficientes visuais.
             Sistema de monitoramento - É um monitor de arritmias cardíacas. O projeto visa possibilitar que uma pessoa possa saber que está passando por essa anomalia principalmente durante uma atividade física, já que, nessas condições, o coração tende a apresentar eventos arrítmicos mais frequentes e severos.

Sobre a Fundação Telefônica Vivo
A Fundação Telefônica Vivo, responsável pelos projetos sociais da Vivo, acredita na Inovação Educativa como forma de inspirar novos caminhos para o desenvolvimento do Brasil a partir da educação. Guiada pela inovação e a disposição em contribuir para a construção de um futuro com mais oportunidades para todos, a Fundação desenvolve projetos que utilizam a tecnologia para gerar novas metodologias de ensino-aprendizagem, estimular o empreendedorismo social e o exercício da cidadania. Com atuação no Brasil desde 1999, faz parte de uma rede formada por outras 17 fundações presentes da Europa e América Latina, integrantes do Grupo Telefónica.

Foto: Luiz Perez Fruscaldo Luz e Klaus Holler.

Galeria de fotos

Comentar