Realização:

Mostra Brasileira de Ciência e Tecnologia

Mostra Internacional de Ciência e Tecnologia

  • Português
  • Español
  • English

Prêmio Mercosul de Ciência e Tecnologia

Entre os premiados estão dois projetos de estudantes da Liberato.

São cinco agraciados nas categorias iniciação científica, estudante universitário, jovem pesquisador, pesquisador sênior e integração. Esta edição (que corresponde ainda ao ano de 2015) bateu o recorde de participação, com 399 trabalhos inscritos.

Da Fundação Escola Técnica Liberato Salzano Vieira da Cunha (Novo Hamburgo/RS), os destaques foram as estudantes Carolina Rosa Kelsch e Márcia Cunha dos Santos (foto), com o projeto “Venus - Localizador Vascular Iniciação Científica”, com orientação do Professor Lucas Luis Gutkoski, e Fabiane Kuhn e Guilherme de Oliveira, com o projeto “Sistema para Otimização de Irrigação”, orientação do Professor Marco César Sauer.

Com o tema Inovação e Empreendedorismo, as linhas de pesquisa da premiação abordaram temas como inovação tecnológica, geração de startups e gestão da informação. O prêmio Mercosul tem o objetivo de reconhecer trabalhos que contribuam para o desenvolvimento científico e para a integração dos países membros e associados do bloco: Argentina, Brasil, Paraguai, Uruguai e Venezuela; além de Bolívia, Chile, Colômbia, Equador e Peru.

Para a coordenadora substituta da Reunião Especializada em Ciência e Tecnologia do Mercosul (Recyt), Eliana Emediato, mais de duas mil pessoas já foram premiadas desde a criação da chamada, em 1998, que tem estimulado a criação do conhecimento nos países do bloco.

"O Prêmio Mercosul é o principal projeto dentro da Recyt, porque envolve pesquisadores e estudantes de dez países, movimenta o ambiente acadêmico, além de promover a integração dos países, universidades e escolas", afirmou.

Os trabalhos inscritos concorreram a premiações que vão de US$ 2 mil a US$ 10 mil.

O prêmio é organizado pelo MCTIC e pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), conta com o apoio institucional da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) e do Movimento Brasil Competitivo (MBC), e patrocínio da Confederação Nacional da Indústria (CNI).

A cerimônia de premiação ocorre no dia 1º de dezembro, às 16h, em Brasília (DF).

Fonte: MCTI
Foto de Luis Eduardo Selbach

Comentar